Pages

16 de agosto de 2010

Sim, vou mudar de sobrenome!


Final de semana muito agitado, ainda bem! A maratona de entrega de convites continua, compramos todos os móveis de casa e entramos com a papelada no cartório (custou R$ 281,30 e fica pronta em setembro só). Minha irmã e meu irmão foram as testemunhas. Fofos!

Na hora em que a moça do cartório perguntou que nome eu iria ter depois de casada, já sabia: vou acrescentar o sobrenome do noivo e optei por não eliminar nenhum dos meus, afinal, adoro os dois. O nome ficou grandinho, mas só de ver a expressão de alegria do Rê, já senti que valeu a pena. Vai dar uma trabalheira danada mudar todos os documentos, mas fiz questão de acrescentar o sobrenome. Se não o fizesse, não me sentiria casada. Sei lá ... o que vocês acham?

No Brasil, desde a promulgação da Constituição, em 5 de outubro de 1988, é possível optar entre colocar ou não o nome do cônjuge. Porém, só com o Código Civil atual (Lei 10.406, de 10 de janeiro de 2002) cessaram as divergências quanto a tal possibilidade. Com tais interpretações, ficou claro que o marido também tinha o direito de escolher acrescentar ou não o sobrenome da esposa.

Eu conheço um casal em que o marido também trocou de nome. Achei uma bela prova de amor, mas não fiquei chateada de o Rê não fazer isso. Sério mesmo. Vai de cada um! O que interessa é que estou muito feliz como nova Srª Cacioli. Entrei para a máfia !!!
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

Renan disse...

De fato, foi uma grata "surpresa". Não sabia se você iria acrescentar o Cacioli ou não, mas depois, pensando com calma, e relembrando de um velho ditado que você sabe bem qual é a respeito desse sobrenome, deveria ter imaginado que você não resistiria....hehehehe....amei o final de semana, a gente está cada dia mais perto de juntar os trapos e começar a viver nossa história. Sr. e Sra. Cacioli vem aí nos melhores cinemas!

Anônimo disse...

Princesa da onde????

kkkkkk

Ficou parecendo até importante agora heim!!!

Por mim aprovado!!

Ruiva

rosângela espinossi disse...

Marcela, sinto te informar que não é o nome que vai fazer você se sentir casada. E vai dar um trabalhão danado mesmo, mas seu nome ficou bem bonitão... E como você está curtindo todos os detalhes do casamento, acho que o do nome não poderia faltar, né, senhora Cacioli???

Anônimo disse...

Nossa, ficou super mafiosa mesmo!
Haja bambini pressa famiglia! hahaha

Parabéns aos Cacioli!

beijo!

Angela Correa

Renata disse...

Também vou acrescentar o sobrenome do meu maridón... Concordo que a felicidade deles compensa qualquer trabalheira com os documentos... Dá um ar de casamento à moda antiga, aumenta a auto-estima deles e dá mesmo a sensação de casada, de entrar para a família :D Parabéns pela escolha :)

Verônica disse...

Ficou lindo, Má!
Mas eu não mudo o meu nome por nada neste mundo! E olha que Monegato não é nada mal!

rosangela disse...

Quero deixar clara uma coisa: realmente não é o nome que vai fazer você se sentir casada,mas o amor, o companheirismo e o imenso prazer de compartilhar momentos lindos ou nem tanto juntos. Falo de experiência própria e já se passaram 19 anos do meu "ajuntamento".
bjs e to adorando seu blog.

Fátima Alvares disse...

Agora vc é minha sobrinha "oficial"
Seja muito bem vinda a familia

Bjs

Tia Fátima

Béu. disse...

Eu não me sentira menos ou mais casada por causa disso, até pq pra mim o fato de trocar de sobrenome não prova o amor de ngm. Prefiro provar e q me provem o amor no dia-a-dia mesmo, com coisas reais e simples. :)

Postar um comentário

Obrigada por comentar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...