Pages

4 de março de 2011

Dicas para um casamento feliz. Será?


Navegando na internet me deparei com essa matéria da revista Superinteressante (do repórter Thiago Perin) sobre dicas de como manter um casamento feliz baseadas em pesquisas. Concordo com algumas e discordo de outras. E para vocês, qual o segredo de uma união bacana?



> Diga sempre nós, nunca eu. Quem usa mais pronomes como nós e nosso nas discussões com a cara metade tem brigas menos longas e desgastantes (consequentemente, vive mais tranquilo) do que os casados que abusam dos eu, você, meu e seu. Pesquisadores americanos chegaram a essa conclusão após observarem a conversa de 154 casais. Especialmente entre os que estavam juntos há mais tempo, o discurso individualista era um forte sinal de que o casamento não ia nada bem.

CONCORDO PLENAMENTE.



> Sendo mulher, escolha um cara rico. Eles são pais mais presentes, o que, além de criar um clima mais “comercial de margarina” na sua casa, ainda faz bem para o cérebro das crianças: segundo pesquisadores do Reino Unido, os filhos de pais mais bem de vida tendem a ter QIs mais altos. E ah, outro detalhe interessante: os caras cheios da grana dão mais orgasmos às esposas, segundo um outro estudo britânico (oi?).

DISCORDO PLENAMENTE. Tudo bem que estabilidade financeira é importante, mas não a esse ponto.



> Sendo homem, escolha uma mulher mais bonita do que você. Todo mundo fica mais feliz neste cenário. É o que mostram os resultados de um estudo da Universidade de Tenessi (EUA). Em testes feitos por lá, foi constatado que ambas as partes do casal se declaram mais satisfeitas com o relacionamento quando a esposa é mais atraente do que o marido.

DISCORDO. Por que não o contrário? Talvez porque mulher se importe menos com beleza, né?



> Fuja das mulheres que têm pais divorciados. O conselho é bem claro: “mulheres com pais divorciados são mais propensas a entrar no casamento com menos comprometimento e confiança no futuro da relação, aumentando o risco de divórcio”, diz um estudo da Universidade de Boston (EUA), que testou as expectativas de 265 casais que tinham acabado de selar o noivado.

TALVEZ SEJA ISSO MESMO, MAS NÃO É REGRA.



> Seja companheiro, mas nem tanto. Um estudo da Universidade de Iowa (EUA) constatou que o companheirismo excessivo (como dar, com frequência, conselhos que o outro não pediu) é mais nocivo para o casamento do que ser um marido ou esposa meio “nem aí”. Segundo os pesquisadores, é claro que a gente gosta de poder contar com alguém, mas quando esse alguém começa a cuidar demais da nossa vida, o senso de individualidade vai embora e a coisa azeda.

DIFÍCIL. CONCORDO COM QUE O CASAL DEVE SER AMIGO, NÃO SE COMPORTAR COMO O PAI OU A MÃE DO OUTRO.



> Invista em pretendentes com boa autoestima. Casar com alguém que não esteja lá muito feliz consigo mesmo é roubada. A dica vem lá da Universidade Estadual de Nova Iorque (EUA). Pesquisadores conduziram testes com jovens recém-casados e observaram que, quando uma das partes tem autoestima muito baixa, tende a se tornar co-dependente e falha em atender às expectativas do cônjuge. A tendência é que, nesse caso, o relacionamento comece a se deteriorar já no primeiro ano de papel passado.

CONCORDO.



> Não tenha filhos. Em mais um estudo da Universidade de Iowa (EUA), um grupo de casais foi entrevistado antes e depois do nascimento do filho primogênito. Outro grupo, de casais que decidiram não aumentar a família, deu seus pitacos em períodos correspondentes. E a tendência foi clara: os casados e com filhos passaram por uma queda maior na satisfação conjugal do que os que não procriaram.

ENGRAÇADO ESSA. TALVEZ ATÉ SEJA VERDADE, MAS EU NÃO VOU TESTAR PRA VER. QUERO TER FILHOS SIM.
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

Ana Carol disse...

hahahaha, racho com esses estudos escalafobéticos....=)

adorei a reportagem!

Bjos

Noiva em 2010 disse...

Eu tb quero ter filhos!!! rs bjos

Ju Louseiro disse...

oooi! vim agradecer a visitinha!

Adorei seu blog, estou te linkandooo!

Um beijo

Renan disse...

Não gabaritei. Digo sempre "nós", escolhi uma mulher mais linda do que qualquer ser do universo, casei com uma garota cujos pais se amam até hoje, sou companheiro, minha esposa é uma perua (no bom sentido) e ambos queremos filhos. Hummm....fuck those researches!

Kanis disse...

hehehehehe...... Acho que gostei de todas as dicas!!!

Postar um comentário

Obrigada por comentar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...